100%

Prefeitos reclamam da falta de repasse regular dos recursos da assistência social

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) tem recebido muitos prefeitos e gestores municipais de assistência social relatando situações financeiras que os Municípios passam na assistência social. Os gestores afirmam que o governo federal não está realizando os repasses regular dos pisos de cofinanciamento e, consequentemente, estão sem saldo nas contas dos blocos de financiamento do Sistema Único de Assistência Social (Suas).

Segundo os gestores, não está sendo cumprindo o que está estabelecido na Portaria 36/2014 do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). O Fundo Nacional de Assistência Social (Fnas) está deixando de realizar o repasse do cofinanciamento para as contas e os blocos de financiamento aos Municípios que estão com menor saldo em conta. Muitos prefeitos estão com saldo quase zerado, valores abaixo de uma parcela de piso de cofinanciamento e, mesmo assim, o governo não está priorizando o Município para manter a manutenção dos serviços sociassistenciais.

O inciso III e o Parágrafo único do art. 3º da Portaria diz que o governo irá priorizar o repasse de recursos, conforme a disponibilidade financeira, aos Entes federativos que estiverem com menor saldo nas contas dos respectivos Fundos de Assistência Social, observando os saldos individualizados dos Programas, Projetos e dos Blocos de Financiamento da Proteção Social Básica, Proteção Social Especial de Média Complexidade, Proteção Social de Alta Complexidade e da Gestão do Suas.

Para a CNM, é imprescindível que o governo federal cumpra o papel do Estado no financiamento do Sistema Único de Assistência Social (Suas). A entidade alerta que a população e os usuários dependentes das ofertas dos serviços socioassistenciais e de ações da política de assistência social não podem sofrer as consequências da falta de verbas orçamentárias da União. Não realizar a transferência regular e automática do cofinanciamento federal é uma medida drástica, que fere o pacto federativo no âmbito do Suas e aponta claramente a ausência de uma responsabilidade federativa no processo de fortalecimento do Suas e garantia de acesso a direitos sociais.

Da Agência CNM de Notícias


Fonte: Portal CNM - Confederação Nacional de Municípios
Protocolos desta Publicação:Criado em: 28/02/2019 - 16:46:10 por: Sandro - Alterado em: 28/02/2019 - 16:46:10 por: Sandro

Notícias

Sessão Ordinária do Dia 20 de Maio
Sessão Ordinária do Dia 20 de Maio

Sob a presidência do vereador Hildegart Thessmann Durigon – PSDB, a Sessão Ordinária da 18ª Legislatura, nesta segunda feira (20/05) do ano de 2019 lotou a casa legislativa novamente. A ordem do dia contou com a pauta cheia; para votação foram 6 (seis) projetos e 2 (duas) indicações na Casa, que devidamente discutidos, foram aprovados por unanimidade dos senhores edis. No uso da Tribuna a representante do sindicato - SINTRAMOR , a Sra. Janes de Lorenzi, fez reivindicações em favor da categoria. Também fez uso da Tribuna a Sra. Karla Pickler Cunha, que é coordenadora do Curso de Enfermagem do UNIBAVE, em comemoração a Semana Nacional de Enfermagem.

Sessão Ordinária do Dia 13 de Maio
Sessão Ordinária do Dia 13 de Maio

Sob a presidência do vereador Hildegart Thessmann Durigon – PSDB, a Sessão Ordinária da 18ª Legislatura, nesta segunda feira (13/05) do ano de 2019 lotou novamente a casa legislativa. A pauta do dia contou com 1 (um) projeto e 1 (uma) indicação na Casa, que devidamente discutidos, foram aprovados por unanimidade dos senhores edis.

Sessão Ordinária do Dia 06 de Maio
Sessão Ordinária do Dia 06 de Maio

Sob a presidência do vereador Hildegart Thessmann Durigon – PSDB, a Sessão Ordinária nesta segunda feira (06/05) lotou a casa legislativa. Na ocasião o suplente de vereador Dovagner Baschirotto – MDB, assumiu a cadeira no legislativo orleanense, do vereador titular Antônio Dias André, que licenciou-se por 30 dias e no uso da Tribuna Padre Cornélio Dall´Alba manifestou-se sobre o Decreto do Poder Executivo Municipal n° 4.572.

Hoje é último dia para eleitor faltoso evitar cancelamento de título
Hoje é último dia para eleitor faltoso evitar cancelamento de título

O eleitor que não pôde comparecer a nenhuma das três últimas votações só tem até esta segunda-feira, 6 de maio, para se regularizar junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e evitar o cancelamento do título. Para isso, é preciso pagar as multas referentes às ausências, bem como comparecer a um cartório eleitoral para apresentar, além do título, um documento com foto e um comprovante de residência. O processo pode ser iniciado pela internet, no site do TSE. De acordo com o...

Câmara de Vereadores de Orleans atualiza Lei Orgânica
Câmara de Vereadores de Orleans atualiza Lei Orgânica

A Lei orgânica, considerada esta, a lei mais importante que rege os municípios, está sendo revisada e atualizada no município pela Câmara de Vereadores de Orleans. Cada município brasileiro pode determinar as suas próprias leis orgânicas, contanto que estas não infrinjam a constituição, as leis federais e estaduais. Deste modo é de suma importância sua atualização e revisão, trabalho este, de total competência do Poder Legislativo.

Sessão Ordinária do Dia 29 de Abril
Sessão Ordinária do Dia 29 de Abril

Sob a presidência do vereador Hildegart Thessmann Durigon – PSDB, a Sessão Ordinária da 18ª Legislatura, nesta segunda feira (29/04) do ano de 2019 ocorreu bastante tranquila. A pauta do dia contou com 1 (um) projeto e 2 (duas) indicações na Casa, que devidamente discutidas, foram aprovadas por unanimidade

Sessão Ordinária do Dia 22 de Abril
Sessão Ordinária do Dia 22 de Abril

Sob a presidência do vereador Hildegart Thessmann Durigon – PSDB, a Sessão Ordinária da 18ª Legislatura, nesta segunda feira (22/04) do ano de 2019 ocorreu bastante tranquila. A pauta do dia contou com 1 (uma) indicação na Casa, que devidamente discutida, foi aprovada por unanimidade.