100%

Tribuna Livre e apresentação da Banda Estrela do Oriente Movimenta Sessão Ordinária do dia 03 Agosto.

A Sessão do dia 03 de Agosto de 2015, que marcou a volta aos trabalhos do Legislativo após o recesso, foi marcado  pela bela Apresentação da Banda Estrela do Oriente e utilização da Tribuna Livre por Mario Salvador Governador do Lions Clube LD-9, Tenente Daniel Comerlato, da Polícia Militar de Orleans e do Maestro Paulo Vick.

Primeiro a utilizar a tribuna, Mário José Antônio Salvador, Governador do Lions Clube LD-9, apresentou aos edis informações sobre o trabalho desenvolvido pela entidade e a sua trajetória dentro da mesma, que abrange a região de Lages a Florianópolis, até Passos de Torres, formado por 58 clubes. Contou toda a sua trajetória dentro do Lions como leonino. 

 Anualmente acontece dentro do distrito, quatro RCD e uma convenção. “Fui convidado a ser segundo vice governador, por participar sempre das RCD. Tive a oportunidade de participar do Fórum Latino Americano, que reuniu toda América Latina, mais as ilhas do mar do caribe,” frisou ele ao relatar como se dá a trajetória de um leão. 

Mario Salvador foi eleito no município de São Jose, Governador. " Tive a honra e a satisfação de tomar posse no Havaí, oportunidade em que estávamos em 210 países ali representados”. 

 O Lions Clube é a maior entidade filantrópica do mundo. Possui uma cadeira cativa na ONU. Para a qual mais de 700 governadores do mundo podem dar sua opinião.

 Para Terminar Salvador apresentou algumas obras realizadas no município, citando a instalação da unidade do corpo de bombeiro no município. Destacou o seu lema como governador do Lions que é " Servir na Alegria, e ter a Alegria de Servir".

O segundo a manifestar-se na noite de segunda feira (03), na câmara de vereadores de Orleans foi o tenente Daniel Comerlato, da Polícia Militar de Orleans, oportunidade em que apresentou dados a respeito dos trabalhos desenvolvidos no município apresentando aos edis e a população, os resultados e a maneira como é administrado os recursos públicos destinados a segurança no município, fazendo um balaço dos trabalhos neste 1º semestre de 2015 e comparando aos semestre anterior.

O Tenente falou do aumento da eficiênci do trabalho dpolicia que mesmo com o efetivo reduzido teve um aumento de 36% em relação as prisões, com 38 prisões no primeiro semestre de 2014 e 52 prisões neste primeiro semestre de 2015.

Em relação as Drogas completa:  "Aqui nós temos uma vinculação em relação aos furtos “a gente percebe um aumento nos casos de apreensão de cocaína, maconha e crack em nosso município. Cocaína de três apreensão passamos para 13, as apreensões de maconha de quatro para 18 e de crack já passamos para 15 apreensões, um aumentos de 650%.  Um problema que assola o Brasil inteiro e chegou em nosso município, infelizmente.  Sempre que prendemos um indivíduo por furto, inevitavelmente ele é aprendido com drogas, principalmente com crack, e com diversas passagem por posse de drogas. Temos que abrir os olhos para essa questão, alerta o tenente. Para Comerlato: “É importante que todas as instituições estejam abraçadas para reduzir esta questão do crack e das drogas, que estão trazendo uma serie de problemas para o pais e está chegando em nosso município. Pontua.

O pelotão da Policia Militar está vinculado a companhia de Urussanga, que por sua vez é vinculada a guarnição especial de Içara.  Ao apresentar o número de efetivo, ele coloca, que existe um déficit de efetivo significativo.  Ele compara o número de policiais de Urussanga, que conta com 25 policiais e já tem déficit, imagina então Orleans, com 14 policiais, coloca ele.   Em Orleans, um deste policial fica na parte administrativa, e os demais ficam distribuídos para atividade de policiamento para manter a segurança.  “Um policial trabalha por 24 horas e folga 48 horas, no entanto, em algumas semanas um policial chega trabalhar 64 horas semanais, é uma escala desgastante e exaustiva, e o policial não ganha hora extra por isso”, relata ele. 

O Maestro da Banda Sinfônica da Fundação Educacional Barriga Verde Paulo Vick Debiase, fez uso da tribuna onde em tom de desabafo teceu críticas à falta de incentivo à cultura no município.  “Não entendo como Orleans pode ser chamada de capital da cultura, não temos um teatro, não temos um local para eventos e apresentações. Nossa praça pública não tem um palco. A festa do centenário foi vergonhosamente feita enjambrada naquele local. Orleans é rica em cultura, mais falta gestão,” desabafa o Maestro na tribuna da câmara de vereadores de Orleans, na noite desta segunda feira, 03 de agosto.

 A Banda Sinfônica da Fundação Educacional Barriga Verde, Coordenada pelo Maestro Paulo Vick Debiasi, Graduado em música, apresentou na casa legislativa diversas melodias. Como por exemplo, a música de autoria do Vadico, "Regina Célia", nome da filha do maestro Vadico (in memoriam), que foi apresentada ao público pela primeira vez no cinquentenário de Orleans, em 1963. Atualmente a banda conta com a participação do senhor Raulino Rocha, membro da primeira formação da banda em meados dos anos 63 e membro da atual conjuntura que vem lutando juntamente com o maestro para a que a banda não acabe.   A banda Estrela do Oriente foi fundada em 4 de julho de 1912, quando Orleans ainda não era nem emancipado, lembra o Maestro. 

 Ele comenta que em seu trabalho de conclusão de curso, conseguiu resgatar mais de 200 partituras, entre elas uma datada de 1924.  “Eu tenho aqui a valsa que serviu para a inauguração do clube 14 de Julho, com data de 4 de abril de 1925, copia de Luiz Veram Cascaes e composição de Manuel Roxo”, junto a esta tenho mais de 200 registros. “Será que os senhores têm noção da importância histórica e cultural de todo este material, para a cultura e história de Orleans,” questiona ele.

 Nosso projeto seria de gravar estas músicas para que a comunidade pudesse conhecê-las, mas que embora tenha procurado apoio do poder público, não consegui nenhum. “Sempre a mesma desculpa, não temos dinheiro, temos outras prioridades. Será que não tem dinheiro ou falta gestão no manuseio do dinheiro público?” Há mais de dois anos temos procurado o setor público que vem nos prometendo. Sempre com a mesma desculpa.

 “Entrando no site da prefeitura vi que foi orçado para 2015 um valor de um (1) milhão e 655 mil reais, do qual foi usado apenas 67 mil e 60 mil destinados ao Proart, que faz um trabalho superimportante e outros sete mil para despesas administrativas”, comenta.

 Ao comentar sobre os recursos para entidades culturais, ele frisa que é necessário que o setor público de apoio constante para que as entidades possam manter-se.  Ele cita exemplo do município vizinho, que conta com um valor mensal de cinco mil reais para manter a banda. 

 “Nossa secretaria de cultura não existe, não vejo trabalho nenhum. Não vejo absolutamente nada sendo feito na área da cultura. Não deveria ser chamado de capital da cultura e sim capital da vergonha. Em relação à cultura, Orleans é uma vergonha”, pontua ele.  

 O maestro ainda salienta. “É necessário à união de todas as instituições para que a banda não morra”. Ele apresenta as dificuldades enfrentadas. “Nossa Banda corre sério risco de acabar por falta de apoio”. Isso na capital da cultura. De que adianta fazer (resgatar), semana da cultura. 

Notícias

Presidente da Câmara de Vereadores de Orleans participa de Reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional (CDR).
Presidente da Câmara de Vereadores de Orleans participa de Reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional (CDR).

A Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Criciúma recebeu nesta terça-feira (23) prefeitos, presidentes de câmaras de vereadores e representantes da sociedade civil dos 12 municípios pertencentes a ADR, para a realização da reunião de Conselho de Desenvolvimento Regional (CDR). Este foi o segundo encontro de 2017, e teve como foco a formação do conselho e o início dos debates no que tange como prioridades para a região.

Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Orleans
Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Orleans

Sob a presidência do vereador Lucas Canever Librelato – PSDB, a Sessão Ordinária da 18ª Legislatura, nesta segunda feira (15/05) do ano de 2017 ocorreu de forma tranquila e ordeira com algumas votações em pauta.
Na oportunidade, Mário Coan que é Vice-prefeito e Secretário de Administração do município, apresentou balancete financeiro dos gastos municipais e do Fundo Municipal da Saúde do último mês.

Alunos da Escola Barriga Verde visitam o Legislativo.
Alunos da Escola Barriga Verde visitam o Legislativo.

Hoje pela manhã recebemos os alunos do 4ª ano da Escola Barriga Verde. Na ocasião, o Diretor Geral Sandro Luiz de Pieri, respondeu perguntas sobre o trabalho dos Vereadores, tramitação dos Projetos, dia a dia do Legislativo. Os alunos conheceram o plenário Ivan Alberton Cascaes e as demais dependências da Câmara de Vereadores.
Agradecemos a visita!

Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Orleans
Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Orleans

Sob a presidência do vereador Lucas Canever Librelato – PSDB, a Sessão Ordinária da 18ª Legislatura, nesta segunda feira (08/05) do ano de 2017 ocorreu de forma tranquila e ordeira, com muitas votações e discussões na Casa.

Tenente Daniel Cormelatto visita o Legislativo Orleanense
Tenente Daniel Cormelatto visita o Legislativo Orleanense

Na tarde do último dia 19, o presidente da Câmara de Vereadores de Orleans Lucas Librelato, recebeu em seu gabinete a cordial visita do Comandante da Polícia Militar de Orleans, Tenente Daniel Comerlatto com o objetivo de uma parceria entre PM e Poder Legislativo.

Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Orleans
Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Orleans

Sob a presidência do vereador Lucas Canever Librelato – PSDB, a Sessão Ordinária da 18ª Legislatura, nesta segunda feira (24/04) do ano de 2017 ocorreu de forma tranquila e ordeira com a pauta de votações aprovadas em sua totalidade por unanimidade dos senhores edis. Na secretaria da Casa Legislativa deram entrada três novos Projetos de Lei.